terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

O SOLDADO E A FREIRA


Um soldado chegou a correr a uma encruzilhada na estrada e encontrou uma freira.
Sem fôlego, pediu:

– Por favor, irmã, posso esconder-me por baixo das suas saias por um momento, eu explico-lhe o motivo mais tarde.

Um instante após, dois sargentos do Exército chegam a correr e perguntam à freira:

– Irmã, a senhora viu um soldado por aqui, a correr?

A freira respondeu:

– Ele foi por ali!

Os dois sargentos desaparecerem na curva, o soldado saiu debaixo do hábito da freira e disse:


– Não lhe posso agradecer o suficiente, irmã, mas é que eu não quero ir para o Iraque.

A irmã responde:

- Acho que posso compreender inteiramente o seu temor.


O soldado então disse:

– Espero que a irmã não me ache impertinente, ou rude, mas a senhora tem um belo par de pernas.

Ao que a freira disse:

- Se você tivesse olhado um pouco mais para cima, teria visto um belo par de tomates, é que eu também não quero ir para o Iraque!!!

4 comentários:

Castanheira Pera disse...

O amigo Salvador continua a surpreender-nos com com essa maravilhosa boa disposição. Gostei desta anedota e até coloquei um link no meu blog. Peço desculpa por não ter pedido autorização prévia para o fazer.
Um abraço.

ROSINHA disse...

Está mesmo boa...Imperdoável não ter reparado nos tomates!

Jorge Correia disse...

Esta tambem está muito boa,Amigo Salvador.

L.O.L. disse...

TÁ BOA ESTA. LOLOLOL.